Melhores do Ano #33 – Um futuro promissor no BTT!

No escalão de juniores, também as provas de BTT foram muito disputadas e trouxeram-nos lutas interessantes em diversas modalidades da vertente. O XCO e o Downhill foram as que mais se destacaram entre todas as presentes, e por isso mesmo os nomeados para Ciclista Junior do Ano são João Cruz, Diogo Neves, Tomás Frazão e Gonçalo Bandeira!

Começando por João Cruz, ele que entrou muito bem na temporada, tendo vencido desde logo o XCO de Vila Franca, ainda antes do confinamento com uma bela corrida! No regresso, foi quarto classificado nos Nacionais de XCE, numa final em que não teve a melhor das sortes, e pouco depois venceu a segunda prova da Taça de Portugal de XCO em Guimarães. Para terminar, voltou a estar forte nos Nacionais, tendo se sagrado Campeão Nacional de XCO em juniores, no seu primeiro ano na categoria.

Diogo Neves entrou também bastante bem na temporada, tendo sido segundo no XCO de Vila Franca, e no regresso do confinamento sagrou-se Campeão Nacional de XCE! Na segunda prova da Taça de Portugal foi o quarto classificado, mas duas semanas depois acabou por não ter a mesma sorte, e não terminou o Campeonato Nacional de XCO.

Tomás Frazão teve uma temporada no sentido inverso, tendo começado menos bem no XCO de Vila Franca e sido apenas 17º classificado. No regresso pós-confinamento foi vice-campeão Nacional de XCE, e conquistou mais dois segundos lugares na segunda prova da Taça de Portugal de XCO, e no Campeonato Nacional da mesma especialidade.

Gonçalo Bandeira foi um dos grandes destaques na especialidade de downhill, tendo vencido a primeira prova da Taça de Portugal em S. Brás de Alportel, com o melhor tempo entre juniores e elites! Pouco depois sagrou-se Campeão Nacional em Juniores e Elites no mesmo fim de semana, com um tempo canhão a dar-lhe a vitória em Guimarães! Na primeira prova da Taça do Mundo no Lousapark venceu a qualificação em juniores, mas a pressão acabou por aparecer na manga final, e um conjunto de erros levou-o a ser apenas 16º. Dois dias depois voltou a vencer a manga de qualificação, e já mais concentrado, conquistou o 2º lugar com o qual terminou a temporada em grande!

Com os dados na mesa, é agora a tua vez de decidir! Qual deles foi o ciclista júnior do ano na vertente de BTT?

O período de votação terminou!

Ciclista Português do Ano no BTT Júnior
804 votos

Podes votar também na ciclista do ano no BTT no link abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock