Melhores do Ano #32 – Juventude vs Experiência no BTT Feminino!

Do lado feminino a competição no BTT trouxe um duelo entre juventude e experiência que cada vez mais se demarca por uma nova geração que surge em força! Para nomeadas para Ciclista do Ano temos Raquel Queirós, Ana Mafalda Santos, Joana Monteiro, e Ilda Pereira, numa luta que promete ser muito interessante!

Raquel Queirós começou a temporada às portas do pódio com o quarto lugar no XCO de Vila Franca, sendo a melhor portuguesa do dia. No recomeço da temporada começou por vencer o Título Nacional de XCE em Elites, e a segunda prova da Taça de Portugal de XCO em Guimarães. Duas semanas depois sagrou-se Campeã Nacional também em XCO e terminou a temporada com o oitavo lugar na Taça do Mundo de XCO em Nove Mesto na República Checa, e o 16º lugar no Mundial de XCO, ambas em sub-23.

Ana Mafalda Santos começou a temporada a vencer a prova de XCO de Vila Franca na categoria de juniores, e no regresso do confinamento fez o Nacional de XCE em Elites, tendo sido segunda e prata, num duelo de amigas pela vitória final com Raquel Queirós. Após isso a jovem ciclista da Patocycles acabou por ficar adoentada e falhou a segunda prova da Taça de Portugal, mas duas semanas depois voltou a aparecer em força e a vencer os Nacionais de XCO em Juniores pelo segundo ano consecutivo. Foi também à República Checa, onde foi 23ª em juniores, e um Mundial que não terminou, e cuja condição não era a ideal após ter a paragem que teve antes dos Nacionais de XCO.

Melissa Maia teve uma temporada muito focada na estrada, mas apareceu no Campeonato Nacional de XCM tendo limpado a concorrência, e se sagrado Campeã Nacional! Mesmo com apenas 1 prova de BTT realizada, a vitória que obteve lança-a na luta pelas Melhores do Ano com 1 importante título nacional conquistado.

Ilda Pereira foi outra ciclista que aproveitou muito bem o pouco de temporada que o BTT teve, e apesar de ter começado com o quinto posto no Nacional de XCE, foi à aventura até ao Downhill, onde conquistou o terceiro lugar e medalha de bronze no Campeonato Nacional! Voltou depois ao XCO super motivada, e conquistou a prata quer no Nacional de XCO, quer no Nacional de XCM, completando assim uma excelente temporada!

Com os dados lançados, é a tua vez de decidir! Qual delas foi a Ciclista Portuguesa de BTT do ano?

O período de votação terminou!

Ciclista Portuguesa do Ano no BTT
472 votos

Podes votar também no Ciclista Português do Ano em BTT no link abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Releated

Please turn AdBlock off  | Por favor desative o AdBlock